.posts recentes

. LINHA DO TUA

. CCDR trava prospecções no...

. Adorei este artigo!

. Factura EDP

. Os lobos da governança

. Convite para audição públ...

. Presidente do INAG desmen...

. Barragem de Foz Tua

. A todos os amigos e visit...

. Partido “Os Verdes” diz q...

. Montesinho terá energia e...

. O Governo ainda não sabe ...

. Barragem do Tua

. Governo aprova Programa N...

. Tente acertar!

. Este blog também está de ...

. Gato Fedorento / para rir

. República dos bananas

. As mãos limpas

. Autocarro avariado acende...

. Homenagem A Florencia e à...

. Salvem a Linha do Tua

. Debate em Mirandela - Inf...

. Estalou o verniz ao Gover...

. Barragem vai afogar linha...

. Contra o fecho da Urgênci...

. Tratados como animais!

. A minha mãe partiu para o...

. Água castanha obriga Câma...

. Funcionários públicos - A...

. A lei da selva

. Mais pobres pagam cada ve...

. Música medieval em Carraz...

. Imagens do blog do amigo ...

. Ministra da Educação - Ga...

. Encerramento das Urgência...

. As grandes questões do no...

. Ministro da má saúde dos ...

. Parque de campismo flutua...

. os perigos de dizer a ver...

. "Faça dos outros estúpido...

. O deserto da Margem Sul

. O Engenheiro Areias / Est...

. Apoio à Greve Geral

. A 30 de Maio os trabalhad...

. convite

. As imagens valem por mil ...

. Mapa de Portugal

. Última hora / Murça: mini...

. Sócrates pediu o esforço ...

.arquivos

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Fazer olhinhos

.Sergei cartoons


Cartoons, Caricatures, Comic Strips & much more!

Estou no Blog.com.pt

Quarta-feira, 20 de Junho de 2007

Música medieval em Carrazeda de Ansiães

Festival na 1ª quinzena de Julho

 

A vila de Carrazeda de Ansiães, no distrito de Bragança, vai transformar-se na primeira quinzena de Julho num grande palco da música medieval onde se farão escutar grupos como La Batalla ou o Ensemble Amadis.

O Ensemble Amadis, de França, actua pela primeira vez em Portugal, dia 14 de Julho, no âmbito deste VI Festival de Música Medieval que acontecerá em três igrejas do concelho e no Centro Cívico de Ansiães.

\"Os primeiros festivais aconteceram no Castelo de Ansiães que, por estar em obras de recuperação, não pode acolher-nos, daí espalharmo-nos pelo concelho\", disse à Lusa o seu director artístico, Pedro Caldeira Cabral.

\"O Festival nasceu da reflexão sobre a ocupação humana nesta região, procurando também divulgar o seu riquíssimo património arquitectónico e arqueológico\", afirmou.

Neste sentido, \"há um especial enfoque nos autores galego-portugueses e também nas tradições sefardita e árabe\", disse.

Este ano, a tradição sefardita - dos judeus expulsos da Península Ibérica que cantam em ladino e se espalharam pela Europa - é representada pelo Ensemble Amadis.

\"Trata-se de um grupo de primeiríssimo plano, que actua nas melhores salas europeias\", sublinhou o músico. A sua directora, Catherine Jousselin, \"tem pesquisado em várias partes da Europa esta tradição que se tem transmitido de forma oral\".

\"O Festival - sublinhou - procura mostrar coisas positivas do país, nomeadamente mostrar um interior que é ocultado ou quando é falado é pelas piores razões, designadamente os fogos nesta zona\".

O Festival abre dia 07 de Julho na igreja de Parambos com o Media Vox Ensemble, que apresentará o hino em canto gregoriano \"Ave Sponsa et Mater\".

Este grupo foi formado em 2004 tendo como objectivo o estudo e interpretação da música sacra medieval.

Pedro Caldeira Cabral sublinhou \"os elevados padrões de qualidade pelos quais se pauta o festival\", que levam \"gente de longe a vir e instalar-se para usufruir da música antiga\".

Dia 08, na igreja de Zedes, apresenta-se o grupo \"Amar contra o silêncio\", sob a direcção de Tiago Costa Freire.

O grupo apresentará o programa \"O que me queres amor?\", que é constituído pela lírica profana dos trovadores dos séculos XIII e XIV.

Entre os autores que serão cantados refira-se o Rei D. Dinis, Martim Codax ou Airas Nunes.

Um dos \"pontos altos\" do festival é actuação, dia 14, na igreja de Pombal de Ansiães, do Ensemble Amadis que \"traz uma leitura nova de parte do legado poético-musical da tradição sefardita, centrado na temática amorosa\".

O grupo francês apresentará \"Cantos de la vida\".

O agrupamento de Pedro Caldeira Cabral, La Batalla, encerra o Festival no Centro Cívico de Ansiães.

Além de Caldeira Cabral (arrabil, cítola, guitarra latina, flautas e charambela) constituem o La Batalla, a soprano Maria Repas Gonçalves (adufe e tambor), a contralto Suzana Diniz Moody (viola de arco e tambor), o barítono Fernando Marques Gomes, Rita caldeira Cabral (atabales, trancanholas, adufe e darbuka), Joaquim António Silva (alaúde, e gaitas de foles), José Pedro caiado (flautas e gaitas de fole) e João Nuno Represas (derbuka, adufe, címbalos, pandeiro e tambor).

O grupo irá apresentar \"O espelho do amor\" que reúne a produção poético-musical trovadoresca do século XII ao XIV.
Lusa, 2007-06-18


publicado por laura_ceu às 11:23

link do post | comentar | favorito
|


Cadastre-se no Trafegando - Divulgue Seu Site Gratuitamente e aumente suas visitas gratuitamente!

.mais sobre mim

.pesquisar

 

<script

.tags

. todas as tags